quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Projeto Travessa da Ermida e passagem pelo CCB_I parte

Imagem registada no CCB - Museu Colecção Berardo, vendo a exposição temporária de Hélio Oiticica- museu é o mundo_ 1º. passo deste workshop , em 27 Out12


NaTravessa do Marta Pinto em direcção à Ermida de Nsa Srª. da Conceição - no exterior e no interior do referido templo. 

Nelson Guerreiro lendo uma atuação VICENTE,REVER para crer do Projeto Travessa da Ermida que nos levou depois a um dos recantos da freguesia de Belém - pertença do Instituto de Investigação Científica Tropical, isto é, para oJardim Botânico Tropical, no seu Passeio Romântico.
,
Um dos momentos de pausa e de registo nos Diários Gráficos no Jardim Botânico, onde cada um levou e saboreou o seu almoço neste Workshop.

À tardinha, com os bichos: perus, pavões, galos, galinhas, patos, gatos... residentes no Jardim Tropical.

 
Um dos momentos do Passeio Romântico com o já citado Nelson Guerreiro e João Abel.

Alguns rabiscos dos objetos e de pessoas aquando da passagem pelo CCB.

Ainda no interior da Ermida registo da presença do público desta iniciativa turística do Projeto Travessa da Ermida. 
 
 

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

“ILUSTRAÇÃO COM TRATAMENTO DIGITAL” na Faculdade de Belas Artes de Lisboa.

 
a) Desenho inicial:
 
b) Hipóteses provisórias apresentadas em padrões de cores:
 
 
c) Estudo da cor com a respetiva paleta provisória e posteriormente retificada:
 
c) Estudo da cor com a respetiva paleta final:
 
d) Finalmente, o produto final de imagem;
 
 
d) Um importante estudo de aplicação do texto (texto e imagem)..
NOTA PRÉVIA
Na FBALx ainda neste ano mediante a proposta de uma conhecida editora decorreu um workshops “ILUSTRAÇÃO COM TRATAMENTO DIGITAL” orientado pelo Ilustrador e Arqº Richard Câmara. Antecipadamente, a mesma editora (não me compete por questões de ética e de falsa propaganda, como é obrigatório, citar o nome dessa empresa editorial), distribuiu aos participantes desse workshop um extrato de um texto “História às Cores”. O objetivo seria testar uma  ilustração de um livro de natureza infanto-juvenil, tendo eu pessoalmente escolhido o item 40/41 ( que se transcreve mais abaixo junto a uma das últimas etapas deste desenho gráfico). Durante o evento a simpática representante da editora esteve presente nesse evento, acompanhando um dos passos finais, dando opiniões e esclarecendo as dúvidas aos participantes, o que se assinala como algo de muito importante.
O aludido workshop de ilustração surgido através do CEAM, constante do programa da FBA, despertou muito interesse, motivação, tendo-se verificado grande interação e interajuda entre os intervenientes.
Após estas palavras, seguem-se uma breve síntese da forma como executei o produto final de uma imagem gráfico. Apliquei o Photoshop CS2 e organizei um portfólio conforme instruções dadas.
 
 I. ESTRUTURA DA ILUSTRAÇÃO
Foram os seguintes os passos deste projeto de ILUSTRAÇÂO:
1.Identificação de um texto (item 40/41) apresentado por uma determinada editora. 
2.Plano de Aprendizagem – Investigação relativo ao tema; esboço gráfico a grafite, de um parágrafo escolhido do texto; do resultado deste DESENHO inerente ao tema proposto, previamente estudado, escolhido e determinado pelo executante, ficou registado o esboço do trabalho inicial em papel vegetal, que permanecerá na 1ª. Leyer; após sequência de estudo da cor, a começar da 2ª. Leyer, inserirem-se outras layers sempre com a indicação da paleta das cores escolhidas. apenas aqui dou indicação de duas das passagens em layers; finalmente, a última layer será o trabalho final. Nesta última página insere-se um espaço destinado ao estudo do extrato do texto (abrangendo a página do lado direito).
OBS:Devo acrescentar que antes de proceder à entrega, tentei retificar o trabalho porque algo me saiu errado.
3. As dimensões do suporte do papel correspondem a 21 cm x 38cm e como outra medida, as imagens digitalizadas em 300dpi.
 CONCLUSÃO
Após a concretização deste trabalho, foi enviado um exemplar ao Arqº. Richard Câmara, Coordenador do workshop, e de um outro à Editora que colaborou nesse evento.
Este foi um projeto para ilustração de um livro infanto-juvenil, que eventualmente poderá promover novos contactos e oportunidades.
Foram os seguintes percursos: desenho inicial;  hipóteses apresentadas;estudo da cor com a respetiva paleta final;  produto final. De permeio várias alterações até conseguir o resultado pretendido (que aliás não foi fácil)
Pelas imagens, dei assim a conhecer por esta forma e via, os passos concretizados. Serve esta para mais tarde recordar e aplicar o procedimento.    

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

ATELIER DE DESENHO ( com modelo ao vivo) em Diários Gráficos



 

Neste workshop iniciamos com exercícios de contorno com riscadores de váras cores, tendo como modelo principal a Manu que se apresentou com indumentária especial ( de toilette e diversas peças ornamentais entre os quais luvas, sapatos e um chapéu especial de cores garridas).

ATELIER DE DESENHO (com modelo ao vivo), em Diários Gráficos







Esta segunda parte da postagem da atividade mencionada em 6 OUT12, concretizada em ABR, Lx, com a coordenação do Mestre João Catarino e realização do REsteves, aborda as diferentes intervenções da Manu, modelo já referenciada seguidamente.


domingo, 7 de outubro de 2012

Atelier de Desenho (com modelo) em Diários Gráficos..

Registo de um "Atelier de Desenho (de modelo) em Diários Gráficos", com João Catarino como coordenador do evento - Behance in Portugal.
Constou-se de música escolhida pela profissional nesta área (Manu). Vêem-se elementos decorativos da Manu, o modelo, com os seus balões. Na altura, os presentes escutavam as recomendações do Mestre Catarino (apontamentos à direita)...

Outros apetrechos da Manu foram duas grandes malas de viagem, vestuário adequado mas sempre a marcar a elegância quer na indumentária quer nos gestos.

Ainda havia como recheio do espaço, equipamento vários: cadeiras para os presentes, um grande sofá e mesas de porte pequeno e médio.

Por vezes, para mim, era difícil pormenorizar o rosto do modelo dada a penumbra do espaço e o rápido movimento do modelo.

Também não faltou um potente fóco de luz.
 
Rui Esteves –Designer,Ilustrador,embaixador Behance em Lisboa,  foi o produtor deste evento concretizado em Lisboa em ABR do corrente ano, próximo da Assembleia da República.
Esta deverá ser a primeira das duas fases desta realização, como um simples apontamento de um agradável evento de participação de cadernistas com o respetivo Mestre Catarino.
 

 
 

sábado, 6 de outubro de 2012

UMA VISITA AO MNAA_SET12


Idêntica imagem em cinza.

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

O QUE EU VI...

O que eu vi naquela tarde escaldante...
Não faltaram - uma enorme teleobjetiva, animais domésticos acompanhante, indumentária da época...